05/02/2018
Com o avento de novas tecnologias especializadas em monitoração acabou por revelar bases secretas em vários pontos do mundo.  Quando a empresa liberou o mapa de calor deixado pelo uso do Fifbit acabou destruindo o segredo de bases escondidas no planeta. Principalmente a Base conhecida como Área 51 que muitos militares e o próprio Pentágono diziam ser coisa de Teóricos da conspiração.
Eu escrevi a algum tempo atrás que as máscaras estão caindo de forma à desvendar possíveis segredos escondidos que todos nós guardamos por causa do ego humano. O segredo é um problema do ego que nós possuímos para esconder certos "podres" ou relações indecorosas o até mesmo imorais que a mente humana é capaz de produzir, então estamos em uma era de revelações e isso está ligado ao Nesara. 
A luz é invencível e mesmo os segredos mais escondidos irão ser revelados e estamos na era da luz, prepare-se pois essa era pretende abrir seu ego também. Não pense que isso só acontecerá com os militares e segredos do mundo, mas com você também.
Eu estou fazendo um artigo agora que irei postar logo após esse para explicar tudo isso e você entenderá porque a Lei Nesara estará sendo aplicada no planeta para a libertação humana.
O Fitbit é aquele relógio que algumas pessoas usam para monitorar o corpo, e muitas pessoas usam em exercícios físicos como corridas e treinamentos. Bom, esse equipamento veio com um software de Gps e que monitora o calor do corpo também. 




O link para o mapa de calor do Strava segue abaixo se quiser espionar alguma base secreta é só colocar os dados:
O mais interessante é que havia escrito um artigo sobre a mesma posição que está falando no vídeo, que é a base 211 de Hitler. logo abaixo da imagem existe uma base normal e todos sabem existir, mas logo acima existe uma base subterrânea onde podemos ver que não está no mapa do Google Earth, e a possível base está na mesma localização da base 211 de Hitler, a qual as pessoas ainda acham que é mentira.
Eu tirei uma cópia da localização porque era natural a NASA e o Pentágono retirar a imagem do Google Earth, mas fica a imagem que tirei na época. Hoje já não existe mais a imagem, só que o programa Strada revelou a verdade. 
O mais incrível do programa não é mostrar as localidades como as bases secretas inclusive na Antártida, mas o programa revela que as bases tem níveis que demonstram claramente que as bases são tridimensionais, isto é, elas são subterrâneas e o mapa mostram as pessoas descendo por elevadores. veja a imagem que eu coloquei abaixo, ela mostra que as pessoas desceram e subiram por entradas subterrâneas da base.

Nessa imagem você percebe que parte da base está escondida porque é uma entrada com elevadores que fica no ponto mais claro do heatmap. Isso quer dizer que o heatmap está frontal com a visão do satélite. Então, não aparece. Em outras imagens podemos ver vários níveis dos andares mais abaixo e mais acima, mostrando uma galeria de túneis que estão escondidos dos satélites.


Localização da Base 211 do Hitler. Observe que a imagem está em 3d e podemos perceber que  há um sobe e desce  de linhas, denota que há um subterrâneo , fiz um gif para mostrar como seria a base usando um programa 3d.


Outra imagem interessante é uma base em forma de "C", bem estranho par estar na Antártida, não acha? Mas é uma estação chamada: Troll Research Station [kkkkk] https://en.wikipedia.org/wiki/Troll_(research_station)



Ok, this is fun!  Troll station, um nome bem original. Mas a imagem que queremos ver fica em outra localização  onde seria a Base 211.



Então, não se pode dizer que seja a base, mas o local é esse e podemos ver que a imagem dos rastros de calor descem e ficam de frente para o satélite, o que denota ser uma forma de base subterrânea pelo tamanho da imagem ela parecer ser muito profunda.
Não quero ficar falando besteira aqui, pois se existir eles nunca irão revelar. 
A base que o vídeo fala está na posição da imagem abaixo:




Bom, a base onde estaria escondida no GoogleEarth. Pode ser essa. 



Essa é uma visão mais aproximada da base e podemos notar que ela é subterrânea pela cor mais escura.

Não sei ao certo se é a base 211 mas com o tempo outros pesquisadores irão revelar mais informações e irei atualizar esse artigo


04/02/2018
Vicente Fuentes  mostra esse vídeo veio para ajudar as pessoas a entenderem que Vimanas são reais e nesse caso foi gravado em um vídeo de 2008. 



03/02/2018
[Atualização em azul]Agora o meu terceiro olho está abrindo com mais facilidade do que antes, pois tive viagens astrais pela noite: viagens astrais espirituais  e quando acordo viagens astrais lucidas. Entenda,  não quero mostrar para que sou melhor que ninguém, mas apenas o que acontece com o terceiro olho e como é possível perceber isso. Muitas pessoas acham que sou metido por ter essas visões, mas na verdade as pessoas que pensam assim não percebem o egoísmo nelas mesmas, pois todos nós somos iguais, temos o mesmo DNA o mesmo cérebro e cada pessoa usa de acordo com sua própria realidade. Eu uso de forma mais espiritual do que buscar sempre a lógica.
Eu sempre trabalhei minha mediunidade, faço meditação constantemente, não sou cético e confio em minha própria intuição. Na verdade as pessoas que não conseguem isso é porque não se dedicam com firmeza ao processo de abertura espiritual, ou são pessoas céticas demais e vivem se criticando. A pessoa cética não consegue nem ler o que escrevo, isso porque ela sempre acha que as visões vem da nossa mente e não de algo superior. Um erro que nos remete ao escravagismo da mídia e da ciência da lógica.
Algumas pessoas não conseguem ter a pineal ativada, porque não se exercitam. Leva um certo tempo para que isso aconteça: estou desenvolvendo a pineal desde 1991 são quase 27 anos de trabalho e DESCOBERTAS. Desde meu ceticismo até a confirmação em 2007, levei 16 anos para entender que estava em um processo de abertura espiritual e comecei a desenvolver mais vigorosamente a partir de 2007, sendo que se a pessoa não desenvolve ou acredita em si mesma, nunca atingirá um nível alto para ter visões do terceiro olho, mas tem um detalhe que ninguém sabe: para ter visões com muito mais força precisa ser ascético e ser celibatário.[Creio que para alguns isso seja impossível, mas trabalhar a sexualidade e preservar sua energia vital é importante para manter o terceiro olho ativo.]
A viagem foi na Índia muitos anos atrás e em uma cidade Maia. 
Na índia, estava em uma escola que ensinava pilotar Vimanas.




Um Vimana é uma carruagem usada por deuses da Índia. [Deuses quer dizer: alienígenas]
Como não sabia aonde estava, eu apenas estava em corpo astral projetado e a gente age como um boneco[É BEM PARECIDO COM UMA *CANALIZAÇÃO] É como se você estivesse em um filme ao vivo. A história era essa: o corpo em que estava [pode até ser de minhas vidas passadas, mas não posso saber sobre isso apenas vivi aquela cena], nessa escola haviam vários alunos, vários anciões indianos com a roupa e turbantes brancos e bem coloridos. Alguns com uma roupa de um azul bebê e os alunos de roupa branca e todos descalços. 
*Canalização é um processo muito parecido com mediunidade, e apesar de muitos incrédulos tentem destruir a canalização dizendo que são coisas da mente, o que é falso e mentiroso, pois a canalização é uma conexão física com o plano astral e espiritual. Existem pessoas que tentam destruir criando um tipo de conceito que a canalização é um "cavalo de Tróia", mas hoje tudo que nós vemos é cavalo de Tróia: a mídia é uma forma de cavalo de Tróia. o Youtube é um "cavalo de Tróia" e assim vai, tudo em nossa vida é uma forma de "cavalo de Tróia", um professor usa esse conceito para ensinar. A canalização é uma forma de ensinar as pessoas a serem mais evoluídas e buscarem um novo caminho para suas vidas. Portanto, esse conceito bobo de "cavalo de Tróia" cai por terra. Canalização é uma informação, uma forma de conscientização. O mundo não irá mudar se ficarmos vivendo nesse conceito bobo que tudo é "cavalo de Tróia".
Voltando à minha viagem: um mestre escolhia alguns dos alunos para que fizesse a ignição do Vimana. Haviam muitas pessoas na sala que era muito grande,  arredondada, com duas hastes no centro: uma mais alta e outra mais baixa. Cada uma acionava um  controle separado: um de ignição e outra para manter a nave reta. Sabia que quem fosse pilotar teria que ser bom no que fazia pois poderia matar a todos dentro do Vimana.
A aula era um treinamento, mas com consequências mortais, pois se o Vimana não subisse de forma correta ele explodiria. Não sei que tecnologia era essa, mas sem dúvida era uma tecnologia alienígena.
Sabia o que fazer: tinha que soltar uma trava e deixar ela descer devagar e depois que a trava descesse completamente, tinha que segurar um tipo de manche  como de um helicóptero. Qualquer deslize seria mortal.

O que aconteceu logo a seguir foi algo muito assustador, pois um dos anciões apontou o dedo para mim e fizesse a manobra. Nesse instante um dos professores logo começou a gritar e dizia na língua que não entendia, mas dava para entender pelos berros que ele dava: esse rapaz não pode fazer isso![Detalhe se errasse todos iriam morrer ali!] 
Então, fui para o local do piloto que ficava em pé em frente ao manche e do lado da haste de ignição. Então comecei a deslizar a haste da ignição para baixo lentamente, mas o professor gritando feito doido e desesperado, que não iria dar certo, pelo que estava entendendo naquele momento.
Logo que a haste da ignição desceu, lentamente, senti uma trepidação forte abaixo de mim, como se estivesse em cima de uma panela de pressão. Um turbilhão em ebulição. [Acredito que seria como duas turbinas com elementos líquidos que ao entrarem em contato uma com a outra,  provocavam um tipo de combustão que era enviada para a turbina logo abaixo, que impulsionava o Vimana para cima. ]
Neste instante, o desespero do professor aumentou e logo parou de falar e gritar, pois aquele ancião que havia apontado para mim estava com um sorriso de alegria e de saber que estava fazendo corretamente meu serviço. O professor parou de gritar e as pessoas  olhando com um sorriso [um misto de alívio e de alegria]kkk
Agora tinha que segurar o manche reto, sem movimentar muito para os lados. Praticamente segurar e manter firme era a ideia. Isso porque a ignição e o controle do Vimana poderia ser feita por dois pilotos, não sei se era assim, mas pelo que vi na sala não havia nenhuma janela para ver o que estava acontecendo lá fora. Os Vimanas eram como navios. Existia a casa de máquinas e a sala de controle, duas coisas diferentes. Uma que controlava o Vimana sempre reto e para cima e para pousar e uma outra para dirigir.
O capitão é que levava o Vimana para onde queria. Tinha que ter um controle para ficar ali segurando bem firme. Acho que passei no teste pois todos ficaram felizes. Foi auspicioso[como um indiano diria.] Durante minha pesquisa descobri algo que pode elucidar a batalha que eu vi na viagem. De acordo com um texto que encontrei a batalha foi entre dois deuses em Dwarka, uma cidade que desapareceu ou afundou em uma batalha com armas nucleares e armas de grande poder. Lord Krishna e o Rei Shalba. Lord Krishna foi atacado pelo Rei Shalba. Na imagem abaixo existem ruínas no fundo do mar que justificam essa guerra. Para entender esses dois deuses eram ANNUNAKIS. Essa batalha se deu para o domínio da Terra entre esses dois alienígenas ou deuses.  Lord Krishna morreu e junto sua cidade afundou no mar.  A viagem sobre isso não é a primeira vez que tenho, uma vez eu vi o Lord Krishna e ele tinha pele azul mesmo. Eu tenho uma ligação com os Anunnakis e muitas de minhas viagens tem a ver com eles, inclusive a outra que contei anterior a essa. E tenho um pressentimento que eles estão chegando! 
https://contatoalienigena.blogspot.com.br/2013/01/lord-krishna-batalha-contra-alienigenas.html





Depois vi imagens da guerra que é contada no  Mahabharata: o legal de ver algo que aconteceu, parece como um sonho, mas eram vídeos de batalhas entre homens com roupas pretas e espadas e arcos de flechas "hightech".  Não eram arcos e flechas como vemos em filmes, mas tecnologia alienígena como se as espadas e arcos fossem copiados de armas que já existiam antes, mas com tecnologia superior.
Ouvi os sons das batalhas e lembrava os sabres de luz do Star Wars. Uma que vi foi essa abaixo a Haladie. Que é uma forma de espada que existe, e os soldados de roupas escuras seguravam essa arma.






Algumas das lutas lembravam danças sofisticadas. Eles usavam todo tipo de artimanhas para destruir um adversário. Veja um exemplo abaixo, não era algo parado no mesmo lugar, era muito rápido e acrobático. Quase usavam movimentos de acrobatas e eram rápidos e mortais. Eles usavam uma roupa laranja e largas que confundiam os adversários. Era  um exército imbatível, pois os inimigos usavam armas simples e fracas. Era como se fosse uma brincadeira para o exército que possuía tal característica.


Como sempre depois da viagem recebi uma mensagem e logo após uma voz que disse: use açafrão da terra. E andei pesquisando: o açafrão da Terra, também conhecido como cúrcuma, açafrão da índia e gengibre amarelo, é uma raiz da família do gengibre, é antioxidante, bom para o cérebro reduzindo o Alzheimer,  anti-aterosclerótico, anticancerígeno, anti-inflamatório.  Uma dica excelente, e veio do astral. Nem sabia disso. Um detalhe: após ver a guerra do Mahabaratha tive uma mensagem de que uma outra guerra poderia acontecer entre a Índia e o Paquistão, e China em um conflito da Caxemira. E que podemos ter um conflito com uso de bombas atômicas, pois os 3 países possuem tecnologia nuclear e estão em conflito já há algum tempo. E a mensagem logo me chamou a atenção para esse conflito.
Novamente estava em outra viagem lúcida e desta vez estava no meio de uma floresta: na minha frente estava um indígena da civilização maia. Nu e com vários desenhos pelo corpo e entendia tudo que ele falava, é normal quando estamos em viagem astral ou projeção astral nesses lugares que é entender o que as pessoas falam, acho que tem a ver com vidas passadas.
O indígena estava segurando uma pequena bola de borracha, creio eu porque ela parecia maleável. Tinha o tamanho de uma bola de handebol.

Só que era marrom escura. Isso porque a pele dos jogadores era muito escura, quase lembram os indígenas brasileiros. Notei que usavam um coque no cabelo para ajudar nos movimentos. 
Eles não usavam roupas como na imagem acima.

Ele explicava que os melhores sempre morriam, e que ele sempre perdia dos melhores. Você deve saber que quem perdia o jogo perdia a cabeça também. Então, ele me disse que sempre perdia de alguns jogadores  muito bons. [Sorte ou azar?]
Havia, junto comigo, mais alguns viajantes que iriam jogar com a gente. E disse que os indígenas iriam ganhar pela primeira vez e perder suas cabeças.Pois a gente iria tomar uma surra deles!
O legal das viagens é que muito do que sabemos, e que parecem vir de algum lugar que não seja da minha mente, e sim de um registro akáshico universal, que na viagem astral projetada pode interagir com a memória akáshica.
Akasha  é a palavra em Sânscrito para "éter" ou "atmosfera". Além disso, na Língua Hindi, Akash significa "céu" ou "paraíso".
Essas viagens ou projeções são feitas atingindo um tipo de atmosfera especial, é como se você atingisse o Nirvana e depois uma memória que estivesse por ali vem e seu corpo participa, pode ser dirigida por alguns mentores espirituais.
"Todo mundo tem a habilidade de se conectar com a fonte primordial como um ‘detentor de registro espiritual’ e é capaz de chamar a todos seus orientadores multi-dimensionais para receber as respostas de suas próprias perguntas. Você é capaz de ser seu próprio guia, guru espiritual e professor. Sempre que você tiver uma situação problemática ou um desentendimento com um indivíduo, esses incidentes ocorreram antes em outro tempo e lugar." Fonte: 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Registros_akáshicos
Essa explicação é bem coerente com o que faço todos os dias, não se trata de que sou especial ou melhor que ninguém, não é isso e nem que estou viajando na maionese, então se fosse viajar na maionese nunca falaria sobre o açafrão, então tem uma lógica e muita gente ignorante entende como se eu tivesse usado drogas alucinógenas. Tenho dito que nunca usei drogas, apenas duas vezes quando usei o chá de Ayhuasca e foi só.
Quando a pessoa cética tem esse tipo de experiência, já tenta logo uma explicação científica, para justificar e logo parte para problemas psicológicos e outras bobeiras dos seres humanos.
O dmt é uma substância que nosso cérebro produz e que está relacionada aos sonhos viagens astrais, mas posso dizer que não é só sonho, quando ativamos o dmt em nosso cérebro abre uma ligação com o prana ou a energia do universo onde propaga os registros akáshicos e ai conectados com essa internet cósmica.
O DMT é sintetizado pelo corpo humano. [carece de fontes] Não existem ainda respostas conclusivas sobre as funções deste DMT interno, tão pouco sobre o órgão responsável por esta produção - função especuladamente dada à epífise neural, conhecida como glândula pineal, mas há, no meio científico, uma série de apontamentos e teorias. Sabe-se que as quantidades de DMT produzidas no cérebro são reguladas pela MAO (monoaminoxidase) e este processo é coadjuvante nos estados alterados de percepção e consciência criados pelo consumo (oral, intravenal ou por vias aéreas) de DMT externo. Fonte: 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Dimetiltriptamina
Se nosso cérebro produz essa substância, ela serve como uma forma de conexão com os planos etéreos e isso explica as visões e viagens astrais. Muitas pessoas acham isso insignificante, mas em um futuro quando o ser humano perceber que isso é real, nós iremos começar uma nova era da ciência,  evolução e do conhecimento em nosso planeta.
A memória akáshica é uma forma de sistema universal embutido desde a criação do nosso universo. Isso porque toda informação está associada à luz. Hoje podemos enviar mensagens através da luz ou mesmo em formade ondas através de pacotes de fótons. Se nós conseguimos receber pacotes de informações binárias que podem ser lidos em nossos computadores de forma real, então existe a mesma coisa no universo e pode ser melhor que a transmissão feita por equipamentos elétricos. A tecnologia da natureza sempre é melhor que a do ser humano!
Imagine o seguinte: a memória existe em todas as coisas. Essa memória pode ser transferida ou mesmo memorizada para sempre. Um exemplo é a espuma, ela sempre mantem a memória inicial, sempre que amassamos uma espuma ela  volta ao estado inicial, e isso se chama memória.
Tudo tem memória e seria idiota dizer que nosso universo não tenha uma memória. Então, se as frequências cerebrais podem ser enviadas é completamente possível o universo conter um banco de dados de frequências mentais e cerebrais, porque sabemos que o cérebro funciona por estímulos elétricos.
Pense bem, quando você produz pensamentos, estão sendo guardados em uma memória universal e que um dia poderão ser acessados por alguém ou um médium. Os alienígenas usam essas frequências, e nós seres humanos é que somos muito primitivos ainda para descobrir essas verdades. Com o tempo as pessoas irão perceber e aí evoluirão para a verdade que já é possível para nós! Não temos culpa que a ciência está atrasada, mas nem todos estão evolucionariamente em involução. Alguns evoluem mais que outros, porque não se apegam ao egoísmo.
Uma das certezas é que os céticos nunca querem aceitar a verdade por causa de seu próprio egoísmo. As pessoas precisam parar de pensar através dos outros e descobrir sua própria verdade. Meu trabalho no blog não é fazer pessoas iguais a mim, mas pessoas que busquem suas próprias verdades e usando a minha busca pessoal as pessoas se sentem mais confiantes de que essa realidade patética que vivemos foi imposta por algumas pessoas inescrupulosas e sem nenhum sentimento.


01/02/2018
[Atualizado em azul] O dia de hoje foi bem impactante e tive uma viagem astral totalmente lúcido. Acordei como sempre sem barulhos, porque é importante o silencio para manter a frequência que preciso, mas tem um detalhe a Lua tem que estar cheia.  
Quando o terceiro olho se abre com mais facilidade, mas nem todos conseguem isso, porque é muito difícil.
Hoje, fui levado para um outro planeta muito parecido com a Terra junto com 10 pessoas em uma nave muito moderna. 
A nave era como um avião em forma de charuto. Por dentro haviam várias poltronas de cor branca com estofado cor azul marinho e não haviam janelas. Eu senti que a nave estava em velocidade, pois havia uma trepidação suave, e dentro a gravidade normal. Havia um som de movimento bem suave e um pequeno movimento que me parecia estar escorregando em uma montanha russa.



Eram poucas pessoas junto comigo e haviam vários assentos livres, mas fiquei no meu lugar que era bem espaçoso e podia esticar as pernas e o corpo, mas não tinha cintos de segurança. Mas senti que havia dormido na viagem como se fosse uma viagem de avião normal.
O piloto estava  em uma sala fechada, mas algumas pessoas que viajavam comigo tentavam ver quem era o piloto, mas estava fechada com um tipo de metal que refletia o lado externo, não vi nenhuma alienígena. [Estranho não é?]Eu já sabia que era viagem e fiquei na minha, só esperando chegar no local. 
Tudo isso parecia ter levado horas, mas para mim durou minutos. Isso porque fechava e abria os olhos com frequência. Estava lúcido, e quando fechava os olhos entrava na viagem. Então, passou-se horas,  mas sentia que era muito rápido os acontecimentos na viagem. Logo senti que a nave parou e a luz do Sol iluminou toda a nave e nesse momento algumas escotilhas se abriram. Vi que já estava em outro lugar: o objetivo de nossa viagem. Pela luz da janela era possível ver um céu azul muito parecido com a Terra e logo a nave parou e as pessoas foram saindo.
Eu estava do lado de fora e havia um gramado, espaço muito longo, e notei que era uma floresta fechada quase não conseguia ver o céu. Quando olhei para cima, notei que havia um tipo de ambiente artificial, pois caia gotas de água e sentia que no ar havia um vapor de água[pensei que era uma forma de ambiente artificial]. Uns pingos caiam na minha cabeça e era água e sentia como se fosse borrifando água no rosto e no corpo. 
Notei que o local era perfeito para o corpo humano, era úmido e com temperaturas amenas. Notei que o local estava preparado para nós, era como um resort para turistas em outro planeta. Fui observando tudo como uma criança em um parque de diversões. Foi a viagem mais nítida que tive em minha vida, conseguia ver cores e tudo em detalhes.
Em comparação com a Terra: tudo era realmente mais colorido, em tons de verdes e azuis muito fortes, até mesmo a água era mais pesada ou mais espessa, o chão era forrado de um tipo de musgo e gramas bem verdes quase sentia como se andasse sobre um colchão.  A cor branca era mais forte que até ofuscava os olhos de tão branco e o ambiente tinha uma luz que apesar de estar escuro, conseguia ver detalhes mais ao longe. Imagine que seus olhos tem uma capacidade de distancia além do que nós vemos mais perto, essa capacidade aumenta devido a alguma propriedade do planeta, era possível ver detalhes sem precisar se aproximar muito do objeto, conseguia ver tudo.
A cor era essa um verde e azul bem forte.
Acho que esse planeta lembrava a Terra milhões de anos atrás, o oxigênio muito puro e as florestas bem carregadas de plantas. Hoje, nós praticamente destruímos o planeta com nosso egoísmo patético.
Então, me deram uma pedra de cor esverdeada com uma luz violeta como se  fosse a luz de um plasma da imagem abaixo. Segurei a pedra com a mão direita e senti que ela não era dura, mas bem mole, apertei e logo essa pedra se transformou em um pequeno bichinho. Senti, um medo na hora e iria jogar longe a pedra, como se você pegasse um escorpião ou uma aranha, mas algo me deteve, senti meu corpo paralisado, como se eles soubessem que eu iria ter esse movimento de repulsa, um ato instintivo do ser humano com animais peçonhentos. Acredito que eles sabiam que iria fazer isso e jogar o bicho no chão, mas meu corpo ficou paralisado, pois eu senti que iria jogar o bicho no chão e não consegui, pois a paralisia me impediu de fazer isso.



Fiquei mais tranquilo, e o bichinho se mexia em minha mão e aquela vontade de jogar longe, mas continuava sentindo meu corpo paralisado naquela posição. Fiquei ali segurando o pequeno bichinho que era estranho e não tem algo que possa compará-lo aqui na Terra e depois quando senti menos repulsa, meu corpo voltou ao normal. Foi algo incrível que nunca senti antes. Era como se estivessem me ensinando a não ter medo de coisas estranhas. Eu sinto esse tipo de repulsa quando o apresentador Richard Rasmussen segura um bicho estranho na mão.



Logo entendi, esse meu medo de aranhas e cobras. Vem da própria ignorância imposta pela sociedade hipócrita que nós vivemos. 
Então, como que uma iniciação para o que viria logo após. As pessoas logo estavam se divertindo com os animais e plantas que ali estavam. Fui andando pela grama e logo vi uma planta com um tipo de dente e peguei uma folha que estava cortada ao lado e joguei nela, foi algo instintivo: a planta mordeu como se fosse um animal com fome. Aquela planta não era só planta, mas um animal. Fiquei olhando ela devorar a folha. Abismado com o que via.
Nesse ínterim, vi outra planta e era bem bonita e justificava um toque e fui sem medo tocá-la com a mão esquerda e algo aconteceu em minha mão, senti vários espinhos se grudaram e senti uma dor por alguns segundos. E ouvi a voz de uma das passageiras que estavam na viagem disse ao longe: não se preocupem podem se atirar nelas que elas não fazem nada tudo volta ao normal em segundos!
E foi isso que aconteceu logo olhei para minha mão esquerda e senti que o meu corpo assimilou os espinhos, como se entrassem dentro da minha pele.
Continuei andando pelo local e algumas pessoas se atiravam nas plantas que picavam e adoravam isso, mas senti a necessidade de ir em frente de olhar ao redor e fui até um local onde havia uma pequena casa com janelas bem simples, nada de riqueza ou luxúria, bem simples. Quando estava ali consegui ver em meio às árvores que estava escuro, já era noite. Acredito que passamos o dia todo ali vendo essas coisas e para mim durou apenas alguns minutos.

Havia uma Lua em forma de batata, não era redonda como a nossa Lua, e era laranja. Um homem que estava viajando comigo disse: lembra muito a luz da manhã na Terra mas é noite.
Nesse instante me veio algo na memória para fotografar, e procurei meu celular no bolso e quando tirei, veio uma voz que me disse não pode tirar fotos. Mas sou teimoso e peguei o celular e quando notei havia um rosto de um alienígena em tons de marrom como se fosse um celular alienígena. Quando olhei a tela, uma voz veio do celular: a internet não funciona aqui.
Pensei: não ia usar internet e sim fotografar, foi então que aconteceu algo estranho: sai da viagem!
Não terminou, mas havia aberto os olhos, eles sempre fazem isso quando querem passar uma mensagem: eles me disseram que uma gripe muito forte surgirá em nosso planeta que poderá matar milhares de pessoas![Eles disseram a palavra  "flu" que é gripe em inglês ]
Essa gripe será uma pandemia. E que muitas pessoas podem morrer e que é natural do nosso planeta em virtude do que fazemos com nosso planeta, e essa gripe será uma vingança pelos crimes contra a natureza que nós cometemos em detrimento de nosso egoísmo.
Não gosto de colocar essas mensagens no blog, mas as pessoas estão cada vez mais destrutivas, e incompreensivas quanto à proteção do nosso planeta. E é chegada a hora de sentirmos nossa fraqueza perante a natureza.
As pessoas já estão sentindo isso: veja a febre amarela que já havia sendo extinta nas cidades e agora estamos vivendo um surto em várias cidades do Brasil, nos EUA as pessoas estão sofrendo com uma gripe que assola o país com quase 47 mil casos.
Agora se uma gripe muito forte surgir, como aconteceu na época da Gripe Espanhola que foi uma pandemia em 1918 e pode ser pior que uma Terceira Guerra Mundial.
Posso explicar porque essa gripe irá acontecer, é algo que as entidades estão alertando há alguns anos: trata-se da ineficácia dos antibióticos!
O que acontece: nós seres humanos inventamos uma praga que é o antibiótico, uma forma de lutar contra as doenças, mas a luta pode criar bactérias ainda mais fortes, como é o caso da KPC, que é quase imbatível e pode causar muitas mortes em hospitais e mostra que quando tentamos eliminar vírus e bactérias nós também estamos ensinado elas a sobreviver, isso porque todo vírus é mutante. 

28/01/2018






28/01/2018
Egípcios eram fissurados por serpentes. Muitas pessoas ainda não entendem o que poderia representar o olho de Hórus. Além da estética pode esconder algo que as pessoas ainda não compreendem sobre a origem do olho de Hórus.
As maiores autoridades sobre o assunto acreditam que existem dois olhos de hórus, o olho direito [Sol]e o olho esquerdo[Lua.]
Um conceito usado também no cristianismo antigo e que iniciou-se de uma antiga religião: o zoroastrismo. Onde a Lua representava o Sol noturno. 
A ideia do Sol e da Lua era um conceito do zoroastrismo que se juntou ao cristianismo arcaico e muitas das ideias sobre o anticristo ou mesmo sobre o messias vieram do zoroastrismo. Muita gente ainda se recusa a acreditar que os Sumérios influenciaram todas as religiões, mas muito menos ainda sabem que o zoroastrismo influenciou a Suméria e os Egípcios e de onde surgiu a ideia do olho direito e do olho esquerdo. 
Só para mostrar essas influencias perdidas no tempo e que nós hoje ainda esquecemos de que houve no passado uma forma de união de ideias sobre o zoroastrismo. Veja abaixo a ligação entre Sol e Lua que aparecem em quadros antigos e provam também a ideia de que Ahura Masda estava incluído no início do cristianismo e logo foi esquecido.


Na imagem do Ahura Masda que viaja em uma carruagem é a mesma representação que o artista mostra em sua arte da época.



Observe que a imagem os mostra o Sol e do lado a Lua, isso era bem peculiar nas imagens e quase todos os blogs sobre ovni mostram erroneamente o que seria um homem dentro de uma nave alienígena. 
Quem não conhece a história do zoroastrismo pode cair no erro de achar que se trata de duas naves alienígenas, mas não os culpo por isso, pois essa representação também está ligada ao olho de Hórus. 
O próprio olho de Hórus é um conceito do zoroastrismo. Uma certa batalha entre o lado direito e o lado esquerdo dos seres humanos. Uma batalha entre maniqueismo:
Dualismo religioso sincretista que se originou na Pérsia e foi amplamente difundido no Império Romano (sIII d.C. e IV d.C.), cuja doutrina consistia basicamente em afirmar a existência de um conflito cósmico entre o reino da luz (o Bem) e o das sombras (o Mal), em localizar a matéria e a carne no reino das sombras, e em afirmar que ao homem se impunha o dever de ajudar à vitória do Bem por meio de práticas ascéticas, esp. evitando a procriação e os alimentos de origem animal.
Para quem não sabe a Pérsia é hoje o Irã, origem da religião de Zoroastro, a qual deu origem a muitas religiões que hoje esquecemos as ligações, mas quem conhece realmente, sabe que muitas delas tiveram uma iniciação comum.
Essa religião conhecida com zoroastrismo era monoteísta, mas confunde com a ideia de um panteão de deuses egípcios ou de uma religião politeísta. Mas a ideia principal é que  o Sol e a Lua representam a sexualidade.
O Sol representa o masculino, lado esquerdo do cérebro capaz de lógica e números. A Lua representa o lado feminino, lado direito do cérebro capaz do sentimento abstrato e da espiritualidade.
Por que o olho de Hórus existia? O havia de  importante essa ligação com as serpentes?
Muitos acham que esses conceitos bobos, mas outrora o conhecimento era muito valorizado e que foram construídos templos específicos para essas pessoas que iriam ser sacerdotes egípcios e possivelmente faraós.
Um sacerdote deveria ter conhecimento sobre sua sexualidade, isso porque nos templos não existiam diferenças em sexualidade. Todos viviam como iguais e isso era uma lei entre eles. No olho de Hórus está implícito a dualidade entre o bem e o mal e também a nossa sexualidade: masculino e feminino.
NÃO É VERDADE QUE O OLHO DE HÓRUS É UMA FORMA DE PROTEÇÃO, ISSO TUDO É INVENÇÕES DE QUEM NÃO CONHECE A REALIDADE SOBRE A RELIGIÃO EGÍPCIA.
Na verdade o olho de Hórus é a representação de uma casta especial criada para servir os reis e ensinar as pessoas sobre o desígnios de deuses e da espiritualidade. Eram escolhidos desde crianças e ensinados a manter sua energia vital através da kundaliní, Um poder que poucas pessoas conhecem e existe muita mentira sobre o assunto.
Durante 21 anos de uma pessoa que era iniciada para esse projeto de vida e de conhecimento, tinha experiências físicas e de superação do medo. Essas experiências posso sugerir como eram: algumas delas eram quase mortais, pois tinham que superar o medo e uma delas era entrar em buracos sem luz e que se apertava quando entrando nele. Havia pessoas que não resistiam e morriam de medo. Quartos escuros com água e jacarés e até mesmo provas insuportáveis para certas pessoas e as provas eram para mulher e homem e não havia ajuda, ou a pessoa se dominava ou morreria tentando.
Geralmente quem conseguia suportar toda essa iniciação, tornava-se um descendente de Hórus e assim poderia ser um sacerdote.
Os egípcios adoravam a serpente porque ela tinha a capacidade de trabalhar sua sexualidade através do hermafroditismo. Hoje, nós vemos com uma forma de doença, mas antigamente era uma forma de divindade e que poderia transformar uma pessoa em algum tipo de divindade viva.
As pessoas hoje em dia, vivem uma completa falta de conhecimento, graças as nossas mídias feitas para vender uma tendência patética e burra da realidade.
Na verdade o olho de Hórus tem outras ideias e conceitos que as pessoas não entendem e tentam sempre esconder a verdade. O olho de Hórus é na verdade o Shivalingam, representa o deus Shiva do povo Hindu. Irei mostrar a mesma forma de olho de Hórus e você irá perceber a ligação com Shiva.






Se o olho de Hórus representa o Sol e Lua, o homem e a mulher, o Shiva lingam é a representação do sexo hermafrodita de Shiva.  Essa imagem é de um pênis e uma vagina, mas também lembra o olho de Hórus ou  o lado feminino e masculino.
Shiva seria a representação de Hórus.
Bom, muitas pessoas mal informadas dirão que  isso é mentira e que estou enganado, ao dizer tal absurdo, mas vamos entra na ligação entre egípcios e hindus. Eu gosto de matar a cobra e mostrar o pau.

Shiva representa o triângulo para cima, isto é, masculino a energia da criação e Shakti o triangulo para baixo, o feminino ou a espiritualidade. A junção desses dois triângulos formam o Merkaba egípcio e também o Murugan hindu.
Shiva e Shakti é a representação da Kundaliní. Por que?
Na kundaliní temos essas duas energias subindo e descendo em canais chamados de Nadis: a Pingala e a Ida nadi.

Essas duas Nadis sobrem e descem criando a energia vital, lembra-se que falei que as crianças egípcias eram ensinadas a proteger a sexualidade através da kundaliní. A proteção é feita liberando as nossas vivencias de sexualidade ao seu potencial.
Essa certeza é que nós estamos enfrentando uma liberação da energia kundaliní em nosso planeta agora e por isso acontece uma liberação sexual em todo o mundo. Isso quer dizer que a espiritualidade está mudando em nosso planeta.
Quando a energia vital é controlada ela é liberada em forma de consciência e espiritualidade. AGORA O QUE ISSO PODE MUDAR NO MUNDO? ESSE É O SEGREDO AS PESSOAS ESTARÃO MAIS ESPIRITUALIZADAS. A TENDÊNCIA É INVERTER A POLARIDADE MASCULINA DA LÓGICA E ESTAMOS EM UMA NOVA ERA NÃO FEMININA: UMA ERA MURUGAN.
O olho de Hórus é comumente chamado do olho que tudo vê e dito como parte da ideia Illuminati, mas os illuminatis usam alguns conceitos dos egípcios, mas isso é errôneo dizer. 
O olho que tudo vê é o terceiro Olho, a glândula pineal.



A imagem acima mostra a verdade para quem ainda acha que o olho de Hórus é proteção. Nada disso, o olho de Hórus tem alguns conceitos que poucas pessoas conhecem sobre o corpo humano. Quando desenvolvemos a espiritualidade, e passamos a desenvolver a energia lunar ou o prana da Lua.
Quando comecei a desenvolver o meu terceiro olho, logo me abri para iniciações egípcias, é como se abrir para uma nova vida e não aquela que você tem no dia-a-dia. É algo totalmente diferente, porque as pessoas normais, nunca irão descobrir.
Essa certeza é achar que o olho de Hórus significa proteção, e isso mostra que a verdade ainda está longe de sabermos, mas espero ter mostrado para você a ligação entre várias ideias e que surgem do conhecimento, não do ler livros que não te trará muitas informações, mas através do discernimento e  inteligência.
O conhecimento dos Egípcios era muito grande e supera o que nós achamos que eles sabiam, isso devido ao uso do terceiro olho. 
Outro erro que acontece ao se falar do olho de Hórus é uma criação estética, mas não é verdade, o olho de Hórus é feito para imitar o olho da serpente. Que eram veneradas pelos estudiosos das escolas de mistérios.

Quem quiser conhecer mais sobre o olho de Hórus e algumas dessas informações assista minha playlist sobre o assunto: