Editorial: Não sou racista!

05/03/2017
Recebo vários e-mails de pessoas que se sentem ofendidas quando comento que Judeus são negros e que egípcios eram negros. Muitos ainda não conseguem entender que a Bíblia e muitos outros indícios mostram que os Egípcios e Hebreus eram pardos ou negros.
OS EGÍPCIOS (MITSRAYIM) SÃO DESCENDENTES DE CHAM (CAM), QUE SIGNIFICA “PRETO” E ELES CHAMAVAM O EGITO DE KHEMET, QUE SIGNIFICA “TERRA DE PRETOS”, NA LÍNGUA DO ANTIGO EGITO.
Cam era filho de Noé, e deu origem aos homens e mulheres negras, inclusive, os judeus viveram muitos anos como escravos dos Egípcios, Moisés era filho de um Faraó que era egípcio e  de pele parda. José do Egito, era judeu e viveu com egípcios e tornou-se um governador, Sansão era também negro. Ismael filho de Abraão era também de pele parda, filho de sua escrava egípcia. Ismael é pai dos árabes. Não é difícil de entender, mas devemos é compreender essas nossas diferenças.



Vejam essa imagem e gostaria de que parassem de me chamar de racista, por favor, adoro a raça negra, e não tenho nenhum racismo.
Essa imagem abaixo serve de alerta aos desavisados sobre a localização de Israel. Israel localiza-se entre a África, o Iemen e o Egíto. Os judeus safarditas são judeus negros que viviam na ÁFRICA. Para algumas pessoas viver em Israel não te faz branco! Moisés era casado com uma mulher negra e foi expulso da Terra prometida.



Mesmo que queremos achar isso podemos cair no racismo, pois a pele branca é apenas a diferença de pigmentos, ou de mais ou menos melanina, como é o caso de pessoas negras com albinismo.
 

Ser branco ou negro, não quer dizer que somos diferentes, nem mesmo cabelos, pois Judeus tem cabelos encaracolados. 



Bom, espero não ler mais esses comentários intolerantes e sem conhecimento, Basta saber que nós somos todos descendentes do homo-sapiens.

Saiam da MATRIX, ESTÁ NA HORA DE CERTAS PESSOAS CAÍREM NA REALIDADE, SOMOS TODOS IRMÃOS.
Muita luz.

2leep.com