Será que essa imagem no Templo de Abydos representa aviões e helicópteros no antigo Egito?


07/12/2018
Na verdade, toda a imagem é um engano causado pela pareidolia.
Gosto da verdade e quando vejo algo que não é real, que não representa a verdade, gosto sempre de destruir esse mito de forma a acabar com falsificações e de mentiras causadas pela desinformação. Então, quando existe lógica e verdade devemos derrubar, esse é o caso dessa imagem muito usada por sites de ovniologia. Não sou hipócrita, pois eu mesmo usei isso em artigos antigos.
Não se trata de aviões ou helicópteros mas a junção de dois faraós do Egito antigo: Seti I e a de Ramssés II.
Nome de Ramssés II.
Nome de Seti I.

E juntando os dois cartuchos aparece essa imagem.

O templo começou a ser edificado por volta de 1270 a.C., pelo Faraó Seti I. Com a morte de Seti, em 1279 a.C. a tarefa foi continuada por seu filho, Ramssés II, que assumiu o trono. Era um costume antigo, cada Faraó imprimir sua marca em cada obra por eles realizada. Sendo assim, no início da construção do templo, a marca de Seti foi impressa em variados lugares para identificá-lo como construtor do templo. Mais tarde, com a morte deste, Ramssés continuou a obra imprimindo sua própria marca. No quadro abaixo podemos verificar a marca de Seti I e a de Ramssés II Fonte
Esse detalhe acredito que foi uma homenagem ao pais Seti, como uma marca de continuação do trabalho e o nome de Seti não foi retirado, pois seria tirar o nome de seu próprio pai. Achei bem legal esse detalhe, mas não devemos insistir com a ideia de que sejam helicópteros ou aviões.