Cientistas admitem que vida no universo é comum!



20/12/2017
Esse fato prova o que escrevi em alguns artigos em meu blog. 
Comprova que a vida é comum em planetas como aconteceu na Terra há 3,5 bilhões de anos atrás. O estudo vem de longa data sobre os primeiros organismos vivos em nosso planeta. Foi ao longo de décadas um assunto polemico, porque a vida como sabemos é suscetível a certos problemas ambientais, mas depois que os cientistas descobriram os extremófilos tudo mudou.
O que mudou também foram as novas tecnologias para estudos desses organismos, esse fato abriu uma nova janela para a descoberta de organismos que podem representar que a vida é algo comum no universo e mais ainda: a vida surgiu na Terra quando ela ainda estava nos primeiros estágios de sua criação.
Esses estudos também focaram-se em um planeta livre de oxigênio, o que nós sabemos que a vida como nós sabemos depende de oxigênio.

Cientistas descobriram bactérias que sobreviveram em um ambiente com pouco oxigênio, um dos pilares da construção biológica.
Os cientistas William Schopf, paleo-biologista da Universidade da Califórnia e o geo-fisicista John Valley da Universidade de Wisconsin, estudaram um conhecido espécime encontrado em  uma formação de pedras na Austrália em 1982 conhecida como Apex Chert  and Feeder Dike.





Foram encontrados 11 tipos de micróbios e bactérias nesse local onde possui rochas muito antigas de 3,5 bilhões de anos e que originou todo o trabalho dos pesquisadores. Essa análise primeiramente foi feita por datação radiométrica ou datação radioativa e descoberto terem a idade de 3,5 bilhões de anos e isso inicio um acalorado debate que se estendeu por duas décadas.
Esse achado chocou a comunidade científica, porque ninguém imaginava que a vida pudesse existir em um ambiente pobre em oxigênio.
Schopf tentou comprovar usando outros métodos de verificação  que não existiam na época como Espectrômetro de Massa por Íons Secundários. O estudo e feito separando átomos de carbono em isótopos. Usando esse método para comparar com rochas sem fósseis da mesma área.
Feita as comparações descobriram que a teoria que foi considerada especulativa mesmo baseada em datações confiáveis, estava correta: e os organismos tinham idade de 3,45 bilhões.
Esse método de trabalho é usado para datar fósseis e as pedras de onde vieram os organismos fossilizados. Estudos posteriores descobriram de os organismos usavam fotossíntese e metano. Esse estudo prova também que para haver fotossíntese, que é uma forma de transformar energia solar em energia química foi um fator importante na criação do ambiente para criação da vida na Terra. Isso pode mostrar que há 3,5 bilhões de anos esses organismos eram comuns em todo o planeta, isso poderia até comprovar que o CO2 foi elemento de criação do oxigênio em nosso planeta, através da fotossíntese. 
Fontes:
https://www.sciencedaily.com/releases/2017/12/171218154925.htm
https://www.sciencedaily.com/releases/2015/02/150216131121.htm

Chat: ContatoAlienígena no Discord

Clique no link abaixo para receber um convite do Contatoalienígena para esse Chat do Discord. Atenção, quem já teve o convite no chat antigo está ainda funcionando! O chat é online e com áudio da para conversar com voz. Nem sempre estou online. Deixe sua mensagem no privado. Até lá.

convite discord