O sistema solar está expandindo!


25/01/2018
Você pode achar que estou ficando doido e que não passa de uma teoria da conspiração: nosso sistema solar está expandindo ao ficar mais velho.
Para você não achar que é brincadeira ou um artigo falso a fonte vem da própria NASA: https://www.nasa.gov/feature/goddard/2018/nasa-team-studies-middle-aged-sun-by-tracking-motion-of-mercury
E a pior notícia é que a órbirta de Mercurio está mudando!
Esse fator é mais fácil de perceber estudando a órbita de Mercúrio.
E mais pior que tudo isso é uma certeza: o Sol está perdendo força de atração. Esse fator pode ser sentido na Terra e a ciência diz que é bem sutil, mas se está mudando a órbita de Mercúrio por que não afetaria algo na Terra.
A perda de massa solar alertada pela NASA pode explicar  algumas inconsistências que estão ocorrendo em nosso planeta. 

"Mercúrio é o objeto de teste perfeito para essas experiências porque é tão sensível ao efeito gravitacional e à atividade do Sol", disse Antonio Genova, autor principal do estudo publicado na Nature Communications e pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts que trabalha na NASA Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Maryland.
Os estudos se pautam em medições coletadas pela Sonda Messenger que está em uma órbita ao redor de Mercúrio. A principal fonte de estudos vem da medição da efeméride de Mercúrio durante 7 anos. Esse estudo confirmou o princípio da equivalência de Albert Einstein. O que provou em linguagem simples que mesmo sendo um valor alto dos parâmetros antes observados, mostra que o Sol está perdendo massa!
Vamos pensar: se o Sol está perdendo massa, então os outros planetas estariam sendo afetados de uma certa maneira. Por exemplo, Júpiter como uma das maiores forças gravitacionais poderia estar afetando Mercúrio e os outros planetas.
OS PESQUISADORES SE ESQUECEM QUE NEM TODOS SÃO MANIPULADOS PELAS INFORMAÇÕES:

Para quem não conhece a verdade ainda eu irei mostrar e depois você tire suas próprias conclusões: a precessão da órbita de Mercúrio é um dos pilares da teoria da Relatividade Einstein, e ela mostra que a precessão acontece pela presença dos outros planetas e a massa do Sol.
Então, isso quer dizer que se o Sol está perdendo massa os outros planetas devem estar mudando a órbita do planeta Mercúrio. Mas imagine que todos os planetas afetam a órbita de Mercúrio e se a massa do Sol enfraquece a cada 100 anos, então podemos dizer que as órbitas dos planetas podem estar se expandindo e assim a órbita da Terra também. 
Mais lógica se a Terra e os planetas mudam de órbita isso pode ocorrer mais frio em nosso planeta!
NÃO É SÓ DAR A NOTÍCIA E SAIR CORRENDO!
ESSA NOTÍCIA MOSTRA QUE A TENDÊNCIA DE UMA EXPANSÃO DAS ÓRBITAS DOS PLANETAS TEM UMA CONSEQUÊNCIA GRAVE. É claro que os cientistas estão dizendo que isso irá ocorrer de forma lenta durante milhões de anos. 
Mas por que esconder esses detalhes das pessoas?
Por que esconder isso do público?
Bom, se o Sol está perdendo massa Júpiter não está e irei mostrar o que está acontecendo em uma forma bem simples: essa batalha entre Sol e Júpiter podemos dizer que seria um tipo de cabo de guerra, lembra dessa brincadeira? Onde um grupo puxa uma corda em direção oposta.

Se o lado da direita for mais forte, irá puxar o lado esquerdo e ganhar a batalha, mas no caso do Sol ele sempre irá ganhar a batalha porque tem mais massa, mas a força de Júpiter pode influenciar bastante na mudança de órbita de Mercúrio e também dos outro planetas.
Outra lógica que a NASA não explica: se o Sol perde massa e força, isso teria um impacto em nosso planeta e já expliquei em outros artigos e se chama maré Solar.

A maré solar afeta nossos oceanos ela é sutil mas pode mudar muito se o caso de uma menor massa solar. Será que os outros planetas afetariam a maré também? Posso dizer que se os planetas afetam Mercúrio deve haver uma maré dos outros planetas e que seria significante o bastante para alterar nossos oceanos de forma esquisita.
O vídeo do Secureteam, mostra que algo está acontecendo nas marés e que há um evento de tsunami ocorrendo extra-maré. Um tipo de maré mais forte do que a normal.
http://paranaportal.uol.com.br/geral/fenomenos-raros-surgem-simultaneamente-no-litoral/
Eu gosto de detalhes e eles mostram que o efeito de maré não tem a ver com um evento extra. Imagine o seguinte: se o Sol perde a força a maré também pode diminuir e uma força maior pode aumentar o que eu acho ser a Lua.
A maré solar acontece  porque a Terra orbita o Sol e a Lua orbita em um movimento diferente, então a maré solar pode diminuir alguns efeitos da maré lunar, tipo impedindo que a Lua ganhe a parada. Se o Sol perde massa isso afetaria a maré lunar deixando-a mais forte.
O efeito atrasado quando a maré lunar está baixa seria de puxar as águas muito mais do que com a maré solar mais forte, então veremos o efeito de uma tsunami: toda a água vai para o ponto de força e depois volta mais forte, causando estranhas tsunamis que pegam as pessoas desprevenidas.
Quando for em uma praia e notar que a água está muito longe da margem natural; corra! Isso porque uma tsunami estará em formação e a volta é muito forte e pode matar quem não estiver preparado.
A volta do mar sempre é mais forte e pode enganar que estiver muito perto da margem natural. Então, fique esperto nunca fique andando na margem onde era natural do mar.


A imagem é possível ver como o mar é afetado pela maré: ele sobe porque a Terra é redonda e as águas são líquidas e sofrem com a atração da Lua e do Sol. Sendo que se a Lua e o Sol estiverem juntos haverá diminuição do efeito e se a Lua estiver em posição diferente do Sol, a Lua terá mais força.